POST EM DESTAQUE

Espírito Santo na Feira de Observadores de Aves em São Paulo

Entre os dias 17 e 19 de maio, a Secretaria de estado de Turismo e a Secretaria de Estado de Meio Ambiente levaram as potencialidades do estado do Espírito Santo para a 14ª edição do Avistar Brasil, o maior evento de observadores de aves da América Latina.


Esta foi a primeira vez que o estado participou do evento e chegou em grande estilo. Entre os atrativos levados pelo estado, um se destaca: a espécie Saíra-apunhalada (Nemosia rourei) que foi avistada após 100 anos sem registros.


A Saíra-apunhalada é uma ave de aproximadamente 13 cm e recebe este nome devido à mancha vermelha que em contraste com as outras cores do corpo lembra uma mancha de sangue. Esta raríssima ave vive em florestas úmidas e em elevadas altitudes e vem enfrentando um grande inimigo: o desmatamento. Atualmente, a espécie só tem registros no estado do Espírito Santo.


Ilustração da Saíra-apunhalada, ave rara presente no estado do Espírito Santo. Ilustração: Pedro Busana



O evento, que é considerado o mais completo da área e atrai desde leigos a renomados profissionais no assunto, tem como objetivo aproximar o homem da natureza de forma sustentável, conscientizando sobre a importância da preservação desses animais e de seus habitats. Durante os dias de evento aconteceram exposições, diversas palestras com especialistas e é claro, observação de aves do local.


A prática de observação de aves tem crescido no Estado e, segundo o secretário de Estado Dorval Uliana para o jornal Santa Teresa Notícia, somente neste ano, 40 pessoas foram capacitadas para atuarem como condutores de observadores de aves no estado.


O Instituto Últimos Refúgios também desenvolve ações e projeto de Observação de Aves com crianças para disseminar esta prática e aproximá-la o público infantil . O Espírito Santo é rico em biodiversidade de aves e o movimento desta área garante renda para diversas famílias, garantindo o equilíbrio entre a ecologia e a economia, visto que é uma prática auto-sustentável e não necessita da retirada destes animais do seu ambiente natural.


As pessoas só preservam o que conhecem. Pratique a observação de aves.


Para saber mais sobre o trabalho do Pedro Busana, e encomendar uma ilustração é só acessar: www.kawek.net/pedrobusanart ou pelo instagram: @PedroBusana.




"Inspirando pessoas, promovemos mudanças!"

Também acompanhe o Instituto Últimos Refúgios nas mídias sociais.

Somos uma organização sem fins lucrativos. Por isso dependemos de doações para manter viva a luta em prol do meio ambiente. Sua colaboração mensal garante a continuidade e a independência do nosso trabalho.

Post_amigos_do_ultimos_refugios01.jpeg

Quer receber novidades? - Assine a newsletter

CALL US:

+55 (27) 3022-1667

Rua Humberto Balbi - 21 - Ed. Renê Descartes - sala 208 -

Jardim Camburi - Vitória, ES - Brazil

2006-2019 © Últimos Refúgios - All rights reserved

  • Facebook - Últimos Refúgios
  • YouTube - Últimos Refúgios
  • Instagram - Últimos Refúgios
  • Twitter - Últimos Refúgios