POST EM DESTAQUE

  • Ana Clara Mardegan

Educação ambiental: Projeto Marsupiais realiza palestras sobre conservação de mamíferos

O Projeto Marsupiais começou o ano com o pé direito promovendo palestras sobre a conservação dos mamíferos no território capixaba. A primeira ocorreu na modalidade online, à convite da Universidade de Sorocaba, em São Paulo, enquanto a segunda foi realizada em parceria com o Projeto Caiman, no Centro Ecológico Caiman, em Vitória.


Confira:

JANEIRO SELVAGEM

O ‘Janeiro Selvagem’ é a iniciativa do Grupo de Estudos de Animais Selvagens da Universidade de Sorocaba (GEAS UNISO) que convida profissionais de todo o Brasil para ministrar palestras com temas relevantes à área da biologia e medicina veterinária.


O Projeto Marsupiais foi convidado para participar da 2ª edição do evento, na mesa redonda "Relatos de experiências veterinárias em projetos de conservação de mamíferos". A representante foi a veterinária Mayara Caiaffa, que possui especialização em em clínica médica, manejo e preservação de animais selvagens e radiodiagnóstico veterinário pelo Instituto Veterinário de Imagem.



Este ano, o evento foi realizado de forma online, contemplando quatro módulos: aves, animais marinhos, herpetos (anfíbios e répteis) e mamíferos. O público alvo foram os estudantes de medicina veterinária e biologia, que puderam acompanhar o trabalho de diferentes profissionais em suas respectivas áreas de atuação.


PROJETO CAIMAN

O Projeto Caiman é uma iniciativa do Instituto Marcos Daniel em parceria com a ArcelorMittal Tubarão que promove a pesquisa e conservação dos jacarés-de-papo-amarelo, gerando dados técnicos-científicos de saúde e ecologia da espécie no Brasil.


A bióloga e coordenadora Iasmin Macedo abriu o primeiro momento da palestra, falando sobre o Instituto Últimos Refúgios e as ações do Projeto Marsupiais. No segundo momento, a voluntária Caroline Reis colaborou na apresentação sobre as principais atividades da iniciativa, como a difusão científica, ações de resgate e a reabilitação de marsupiais realizada por meio do Acordo de Cooperação Técnica com o IBAMA.



O público-alvo foram os estagiários do Projeto Caiman, em maioria estudantes das áreas de biologia, medicina veterinária e meio ambiente.


O Instituto Últimos Refúgios, assim como o Projeto Marsupiais, são parceiros de longa data do Projeto Caiman, e agradecem a oportunidade - e espaço - para falar sobre conservação no Espírito Santo.





42 visualizações