top of page

POST EM DESTAQUE

  • Foto do escritorVitor Pinheiro

Desafio Mundial da Natureza Urbana recebe centenas de registros de espécies na região Metropolitana


Tartaruga-Verde (Chelonia mydas) FOTO: Leonardo Merçon



O Instituto Últimos Refúgios participou ativamente do 8º Desafio Mundial da Natureza Urbana, promovido pela plataforma iNaturalist (que busca mapear a biodiversidade em todo o mundo através de fotografias), registrando uma impressionante quantidade de espécies em Vitória - ES.


Durante o evento, que ocorreu de 28 de abril a 1 de maio, 1.023 observações foram registradas em todo o estado do Espírito Santo, contabilizando 548 espécies diferentes. Dentre elas, o Instituto Últimos Refúgios realizou 291 observações, com 135 espécies identificadas. Muito desse material foi captado na Área de Proteção Ambiental (APA) Baía das Tartarugas, reconhecida por sua importância ecológica e por abrigar diversas espécies de fauna e flora originárias de regiões costeiras. Em âmbito nacional, o desafio gerou 29.085 observações com 4.810 espécies catalogadas nos poucos dias de evento.






Os registros fotográficos obtidos fornecem informações valiosas sobre a biodiversidade presente na área. Esses dados contribuirão para estudos científicos, monitoramento de populações e estratégias de conservação apropriadas. A ação do Instituto Últimos Refúgios na Baía das Tartarugas demonstra como a participação da sociedade civil pode fazer a diferença na conservação da natureza. Ao registrar e compartilhar informações, contribui-se para a construção de um banco de dados valioso e estimula-se a valorização dos recursos naturais.





iNaturalist

Uma iniciativa da Academia de Ciências da Califórnia e da National Geographic Society, o iNaturalist.org é uma rede social com foco em ciência cidadã, que em contato com naturalistas e comunidade científica, se concentra em mapear e identificar a biodiversidade em todo o planeta, compartilhando descobertas com repositórios de dados científicos como o Global Biodiversity Information Facility para auxiliar cientistas do mundo a encontrar e utilizar os seus dados.



Reprodução iNaturalist



Conheça a comunidade do iNaturalist dedicada ao Projeto de Conservação Baía das Tartarugas. Você pode tirar suas fotos da região e compartilhar na plataforma:




APA Baía das Tartarugas


O Projeto de Conservação da Baía das Tartarugas tem como objetivo geral realizar e fomentar pesquisas científicas, comunicação (cultural e difusão científica), sensibilização ambiental e fomento ao turismo na Unidade de Conservação APA Baía das Tartarugas, localizada em Vitória-ES.


A Área de Proteção Ambiental (APA) Baía das Tartarugas é uma nova Unidade de Conservação (UC) de uso sustentável, que foi decretada pela Prefeitura do Município de Vitória em 2018. A APA, gerida pela Prefeitura Municipal de Vitória, tem o intuito de desenvolver atividades de re-significar a área que possui uma das mais ricas biodiversidades do mundo, mesmo estando localizada em uma área urbana.


A região litorânea de Vitória-ES, recentemente, em 2018, tornou-se a primeira Unidade de Conservação Marinha de Vitória por meio do Decreto Municipal nº 17.342, que foi publicado no Diário Oficial do município (BRASIL, 2018). De acordo com este decreto, a nova Área de Proteção Ambiental (APA), que recebeu o título de “Baía das Tartarugas”, envolve toda a Baía de Vitória, englobando a Praia de Camburi, Praia do Canto e Ilhas do Boi e do Frade, somando uma área de 1.685,47 hectares.




bottom of page