top of page

POST EM DESTAQUE

  • Foto do escritorVitor Pinheiro

Livro Baía das Tartarugas: Formulário de sugestões para a obra é aberto para a comunidade



Na noite desta quarta-feira (26) o Instituto Últimos Refúgios, por meio do Projeto de Conservação Baía das Tartarugas, realizou uma reunião aberta para a comunidade, com o objetivo de tratar temas relacionados à nova produção literária “Baía das Tartarugas: Riqueza Marinha na Capital do Espírito Santo”.



Momento em que ocorreu a reunião / FOTO: Leonardo Merçon


O idealizador do projeto, Leonardo Merçon, mediou o bate-papo e apresentou como foi pensada, até o momento, a estrutura dos capítulos da obra, além de abrir um momento para sugestões e comentários, ocasião em que foi apresentado o formulário oficial de sugestões para o livro (aberto a todos).


As sugestões serão avaliadas por uma curadoria editorial do projeto e posteriormente será realizado um contato de alinhamento para integrá-las à obra. As colaborações serão aceitas até o dia 10 de agosto.




“‘Baía das Tartarugas: Riqueza Marinha na Capital do Espírito Santo’ é um projeto fotográfico que culminará em um livro e outras ações sensibilizadoras que têm como objetivo valorizar a grande biodiversidade marinha da região litorânea do município de Vitória/ES, promover a sensibilização dos capixabas por meio da educação ambiental e somar esforços na busca de alternativas para questões sociais frequentes na área. Como produto artístico-cultural, o projeto ainda tem como compromisso fomentar o turismo local e, consequentemente, aumentar o potencial de geração de emprego e renda para a comunidade do entorno”, elucidou, em nota, a equipe realizadora.



FOTOS: Leonardo Merçon


Você pode assistir a reunião na íntegra, assim como a apresentação utilizada para expor os detalhes da obra:





Projeto de Conservação da Baía das Tartarugas

O projeto tem como objetivo geral realizar e fomentar pesquisas científicas, comunicação (cultural e difusão científica), sensibilização ambiental e fomento ao turismo na Unidade de Conservação APA Baía das Tartarugas, localizada em Vitória-ES.


A Área de Proteção Ambiental (APA) Baía das Tartarugas é uma nova Unidade de Conservação (UC) de uso sustentável, que foi decretada pela Prefeitura do Município de Vitória em 2018. A APA, gerida pela Prefeitura Municipal de Vitória, tem o intuito de proteger e valorizar o território que possui uma das mais ricas biodiversidades do mundo, mesmo estando localizada em uma área urbana.


A região litorânea da capital capixaba, em 2018, tornou-se a primeira Unidade de Conservação Marinha de Vitória por meio do Decreto Municipal nº 17.342, que foi publicado no Diário Oficial do município (BRASIL, 2018). De acordo com este decreto, a nova Área de Proteção Ambiental (APA), que recebeu o título de “Baía das Tartarugas”, envolve toda a Baía do Esírito Santo, englobando a Praia de Camburi, Praia do Canto e Ilhas do Boi e do Frade, somando uma área de 1.685,47 hectares.




O LIVRO

O Livro "Baía das Tartarugas: Riqueza Marinha na Capital do Espírito Santo", é uma realização do Instituto Últimos Refúgios, Projeto de Conservação da Baía das Tartarugas, com o patrocínio do Grupo Águia Branca; Apoio: Grafitusa; Parceria: Prefeitura Municipal de Vitória. Este projeto foi viabilizado pela Lei de Incentivo à Cultura Capixaba (LICC), da Secretaria da Cultura (Secult).






コメント


bottom of page