POST EM DESTAQUE

11 de setembro - Dia Nacional do Cerrado

O Cerrado é um dos biomas mais importantes do Brasil. Ocupando cerca de 22% de todo o território brasileiro, ou seja, mais de 2 milhões de km², abrange perfis de clima, solo e vegetação que possibilitam o cultivo de uma vasta biodiversidade, em que fauna e flora se correlacionam para garantir seu desenvolvimento.


Sempre viva, planta típica do Cerrado. Foto: Últimos Refúgios


Estima-se que existam mais de 200 espécies de mamíferos em toda a extensão do bioma, assim como números igualmente significantes de répteis, anfíbios, peixes e insetos, como abelhas e borboletas. Um verdadeiro esplendor de toda a beleza e diversidade que caracterizam a fauna brasileira.


Biodiversidade do cerrado. Fotos: Leonardo Merçon e Augusto Milagres e Gomes


Além disso, o Cerrado destaca-se por seu incrível potencial hídrico, fator que solidifica uma de suas características mais determinantes. Denominado como “berço das águas”, o bioma detém imensas reservas de água doce, essenciais para a manutenção da rica biodiversidade e para o uso humano, principalmente na produção de energia e na agricultura.


Essa extensa hidrografia faz diversas conexões com outros biomas, como a Caatinga, o Pantanal e a Mata Atlântica. Até mesmo a bacia hidrográfica do Amazonas recebe as águas provenientes do Cerrado.


Pescadores do Cerrado. Foto: Augusto Milagres e Gomes


Infelizmente, o Cerrado brasileiro encontra-se em estado preocupante. Nas últimas décadas, a degradação do bioma se intensificou a ponto de superar a Amazônia nos níveis de desmatamento.


Diversas espécies de animais encontram-se ameaçadas de extinção, assim como uma grande parcela das plantas endêmicas do local. O bioma foi um dos mais afetados pela ocupação humana, e muitos daqueles que vivem próximos às áreas naturais relatam a seca dos rios e um crescente processo de desertificação.


Cuíca-d'água, espécie ameaçada de extinção. Chapada dos veadeiros. Foto: Leonardo Merçon


Caso a situação se mantenha, estima-se que os recursos naturais se extinguam em menos de 50 anos, como apontam dados do IBAMA de 2014.


Na data de hoje, comemora-se o Dia Nacional do Cerrado, ocasião que oferece à sociedade uma maior visibilidade das discussões acerca da importância do bioma. Dessa forma, enfatizamos a importância da preservação de um dos maiores ecossistemas brasileiros, detentor de uma imensurável importância biológica e de uma beleza ímpar, sinônimo de nossas riquezas naturais.


Vista do cerrado. Foto: Augusto Milagres e Gomes

O Instituto Últimos Refúgios é uma organização sem fins lucrativos na qual os participantes são voluntários e precisa de recursos para financiar as suas atividades. Se gosta de nosso trabalho e quer que ele continue, saiba como colaborar clicando na imagem abaixo ou no link: PARTICIPE.


"Inspirando pessoas, promovemos mudanças!"


Também acompanhe o Instituto Últimos Refúgios nas mídias sociais.





Somos uma organização sem fins lucrativos. Por isso dependemos de doações para manter viva a luta em prol do meio ambiente. Sua colaboração mensal garante a continuidade e a independência do nosso trabalho.

Post_amigos_do_ultimos_refugios01.jpeg

Quer receber novidades? - Assine a newsletter

CALL US:

+55 (27) 3022-1667

Rua Humberto Balbi - 21 - Ed. Renê Descartes - sala 208 -

Jardim Camburi - Vitória, ES - Brazil

2006-2019 © Últimos Refúgios - All rights reserved

  • Facebook - Últimos Refúgios
  • YouTube - Últimos Refúgios
  • Instagram - Últimos Refúgios
  • Twitter - Últimos Refúgios