POST EM DESTAQUE

Fotografias do Instituto Últimos Refúgios participam de exposição online da Prefeitura de Vitória

Em celebração ao Dia Nacional da Mata Atlântica, comemorado no dia 27 de junho, a Secretaria de Meio Ambiente (Semmam) de Vitória promoveu uma exposição virtual para incentivar o conhecimento e a conservação do bioma no território capixaba.


A campanha "Mata Atlântica de Vitória, diversidade nas paisagens em múltiplos olhares" apresentou informações sobre o bioma e fotografias do Instituto Últimos Refúgios, registradas pelas lentes do fotógrafo ambiental Leonardo Merçon.


Já realizada em outras ocasiões, agora a exposição ganha uma versão online para interação e sensibilização do público. As fotografias retratam diversas espécies de animais típicos da Mata Atlântica, como aves, anfíbios e répteis, além de paisagens naturais com alto valor artístico e cultural.


Espécies de aves da Mata Atlântica. Créditos: Leonardo Merçon e Prefeitura de Vitória

O acervo é uma experiência imersiva nas unidades de conservação do Espírito Santo, em parques como Fonte Grande, Gruta da Onça, Vale do Mulembá e Chácara Von Schilgen. As fotografias estão disponível na página do Facebook da Prefeitura de Vitória.



IMPORTÂNCIA ECOLÓGICA

Ao longo dos anos, o desenvolvimento urbano, a valorização de atividades extrativistas e o crescente aumento populacional fizeram com que a Mata Atlântica fosse reduzida a menos de 7% de sua cobertura original. A floresta ainda sofre com o desmatamento, prática ilegal da caça, incêndios e outros impactos causados pela ação humana.

Impactos ambientais da Mata Atlântica. Créditos: Leonardo Merçon e Prefeitura de Vitória


Ainda assim, a Mata Atlântica é uma das mais biodiversas do mundo. O bioma estende-se por 17 estados brasileiros e apresenta diferentes ecossistemas, tipos de vegetação, solo, relevo, clima e espécies de fauna e flora de acordo com cada região do país.


As florestas e ecossistemas que compõem a Mata Atlântica são fundamentais no equilíbrio da natureza. Segundo o Ministério do Meio Ambiente, são responsáveis pela produção, regulação e abastecimento de água; proteção de solos, encostas e atenuação de desastres; produção de alimentos, madeira e remédios; e inúmeras outras contribuições ao meio ambiente e ao patrimônio histórico-cultural brasileiro.


A conservação da Mata Atlântica é um dos principais objetivos do Instituto Últimos Refúgios. A ONG defende a cultura como grande ferramenta socioeducativa, capaz de incentivar o conhecimento, a sensibilização ambiental e o amor pela natureza.

O Instituto Últimos Refúgios é uma organização sem fins lucrativos na qual os participantes são voluntários e precisa de recursos para financiar as suas atividades. Se gosta de nosso trabalho e quer que ele continue, saiba como colaborar clicando na imagem abaixo ou no link: PARTICIPE.


"Inspirando pessoas, promovemos mudanças!"


Também acompanhe o Instituto Últimos Refúgios nas mídias sociais.





Somos uma organização sem fins lucrativos. Por isso dependemos de doações para manter viva a luta em prol do meio ambiente. Sua colaboração mensal garante a continuidade e a independência do nosso trabalho.

Post_amigos_do_ultimos_refugios01.jpeg

Quer receber novidades? - Assine a newsletter

CALL US:

+55 (27) 3022-1667

Rua Humberto Balbi - 21 - Ed. Renê Descartes - sala 208 -

Jardim Camburi - Vitória, ES - Brazil

2006-2019 © Últimos Refúgios - All rights reserved

  • Facebook - Últimos Refúgios
  • YouTube - Últimos Refúgios
  • Instagram - Últimos Refúgios
  • Twitter - Últimos Refúgios