POST EM DESTAQUE

Foto do U.R. ganha concurso no Instagram

10/07/2019

1/7
Please reload

As incríveis formigas nômades

October 11, 2017

Já pensou em mudar de casa a cada 20 dias levando mais de mil familiares com você?

Isso faz parte da biologia das formigas legionárias, ou formigas de correição. Esses insetos são considerados nômades e movimentam-se com frequência mudando toda a colônia de localidade e no caminho alimentando-se de pequenos invertebrados como aranhas, gafanhotos ou grilos mas também de vertebrados muitos maiores do que elas, como sapos e lagartos. O termo “formiga de correição” refere-se a mais de 200 espécies de formigas que apresentam o comportamento nômade. A espécie mais estudada deste grupo é a Eciton burchellii, registrada nessas fotos pelo fotógrafo e idealizador do Instituto Últimos Refúgios, Leonardo Merçon.

 

Com tamanhos impressionantes para formigas e mandíbulas longas e pontudas, as formigas dessa espécie possuem uma força impressionante, principalmente quando caçam em grupo, podendo dilacerar presas muitos maiores do que elas em apenas segundos. Cada formiga é capaz de cortar e carregar presas que pesam mais do que seu próprio corpo e, além disso, estudo mostra que existe cooperação entre formigas próximas na hora de carregar grandes pedaços de presa, de forma que um grupo de formigas juntas é capaz de suportar pesos muitos maiores do que a soma do que cada uma das formigas é capaz de carregar sozinha. Nesse caso, a união faz a força e viver e ninhos contendo um grande número de formigas conseguem captar grande quantidade de alimento para seus integrantes.

 

Um ninho de formigas legionárias é formado principalmente pelo próprio corpo de formigas operárias, que se aglomeram em um grande globo, mantendo sempre a rainha na posição mais protegida no ninho: o centro. Quando chega a hora de mudar de local, esses grandes grupos movimentam-se em filas de até 200 m contendo várias formigas que se guiam apenas pelo cheiro de substâncias chamadas feromônios, que são liberadas ao longo de todo o caminho por onde uma formiga passa, de forma que a formiga de trás, que percebe esses feromônios com suas antenas, possa seguir exatamente o mesmo caminho, e assim sucessivamente. Como você já deve imaginar, milhares e milhares de formigas andando em fila no chão da floresta não é algo que passa despercebido pelos animais da floresta. Vários insetos e outros pequenos animais se movimentam para fugir dessa grande marcha de formigas, o que é um prato cheio para quem se alimenta dessas pequenas presas, como alguns pássaros, lagartos, sapos e outros animais que já foram registrados acompanhando as formigas legionárias para se alimentar dessa grande fuga causada pela correição. Um estudo publicado em 2011 mostrou que mais de 500 espécies podem, em momentos distintos, estar associadas às correições de Eciton burchellii e que aproximadamente 300 dessas espécies dependem dessa associação, evidenciando o papel fundamental que essas formigas nômades possuem para manter a diversidade de animais dos locais onde ocorre!

 

Texto de Lissa D. Franzini, Bióloga CRBio 98000/01-D

Mestranda - Laboratório de Herpetologia

Universidade Federal da Paraíba

 

Fotos de Leonardo Merçon \ Instituto Últimos Refúgios.

 

Referências:

- Rettenmeyer, C. W., Rettenmeyer, M. E., Joseph, J & Berghoff, S. M. 2011. The largest animal association centered on one species: the army ant Eciton burchellii and its more than 300 associates. Insectes sociaux. 58: 282-292.

 

- Franks, N. R. 1985. Teams in social insects: group retrieval of prey by army ants (Eciton burchellii, Hymenoptera: Formicidae). Behavioral Ecology and Sociobiology. 18 (6): 425-429.

 

- Hölldobler, B. and Wilson, E. O. 1990. The Ants. Cambridge, Mass. Harvard University Press. 746 pp.

 

 

 

 

Please reload

Store_UltimosRefugios.png

Somos uma organização sem fins lucrativos. Por isso dependemos de doações para manter viva a luta em prol do meio ambiente. Sua colaboração mensal garante a continuidade e a independência do nosso trabalho.

Post_amigos_do_ultimos_refugios01.jpeg

Quer receber novidades? - Assine a newsletter

CALL US:

+55 (27) 3022-1667

Rua Humberto Balbi - 21 - Ed. Renê Descartes - sala 208 -

Jardim Camburi - Vitória, ES - Brazil

2006-2019 © Últimos Refúgios - All rights reserved

  • Facebook - Últimos Refúgios
  • YouTube - Últimos Refúgios
  • Instagram - Últimos Refúgios
  • Twitter - Últimos Refúgios