POST EM DESTAQUE

  • Júlia Bragatto Luchi

Educação ambiental com crianças de escola pública



O Instituto Últimos Refúgios (UR) lançou, na última terça-feira (18), uma exposição muito especial que mescla desenhos de estudantes com fotos do fotógrafo e presidente do UR, Leonardo Merçon. Essa exposição é resultado de um longo trabalho de educação ambiental com os alunos da escola municipal Maria Madalena de Oliveira Domingues, no bairro de Jardim Camburi, em Vitória.


O projeto de educação ambiental consiste em cinco etapas: sensibilização, exibição de vídeos, oficina de artes, visita ao Museu de Biologia Mello Leitão, em Santa Teresa, e a etapa final que é a montagem da exposição.


Para a bióloga Lorenna Climaco, coordenadora do projeto, essa é uma oportunidade de sensibilizar os adolescentes sobre as questões ambientais e assim, contribuir para a formação de cidadãos responsáveis.


Além disso, durante a realização do trabalho, ela notou que os jovens são mais sensíveis aos problemas ambientais. “Quando mostrei o vídeo de uma onça que havia sido morta por atropelamento, fui capaz de ver a diferença entre as reações das crianças: “Que pena!", "Coitada da onça" e dos adultos “Credo!", "Que nojo!".”, assegura a coordenadora voluntária do Últimos Refúgios.

O projeto


O Últimos Refúgios realiza esse trabalho de educação ambiental nas escolas públicas da Grande Vitória desde o ano de 2011. Um total de aproximadamente 48 escolas públicas já recebeu o trabalho gratuitamente. O objetivo do UR é ler esse projeto para o maior número de escolas possíveis para ensinar sobre a atual situação do meio ambiente e, dessa forma, despertar na juventude a vontade de interagir e cuidar da natureza como ela merece.

10 visualizações